Espaço Schengen

Espaço Schengen

Espaço Schengen

Espaço Schengen

Nos últimos trinta anos nunca foi tão fácil conhecer o continente Europeu. Graças ao Tratado de Schengen, qualquer pessoa (sendo ela nascida em um país membro ou não) pode circular livremente por 26 países.

Apesar de muitos países da União Europeia (UE) fazerem parte do tratado, eles não são a mesma coisa. A UE é um bloco econômico enquanto o Espaço Schengen é uma área comum de abertura de fronteiras.
Existem alguns detalhes que precisam da nossa atenção e vamos conhecer todos eles agora.

O que é o Tratado de Schengen?

O Tratado de Schengen é um acordo realizado por alguns países europeus, com o objetivo de diminuírem as burocracias existentes nas fronteiras e facilitar a circulação de pessoas no seu espaço.
Atualmente é composto por 26 países europeus, dos quais 22 são Estados-Membros da UE. Cidadãos europeus e estrangeiros (desde que tenham acordo com algum país) podem circular livremente no território de qualquer membro, não precisando passar por procedimentos de controle de fronteiras.

História

Representas da Holanda, Luxemburgo, França, Alemanha e Bélgica, se reuniram em um navio no ano de 1985, nas proximidades de Schengen (Distrito de Grevenmacher, Luxemburgo) para assinarem um tratado inovador.
Em 1990, a Itália se juntou ao grupo.
Em 1991, Portugal e Espanha também ingressaram.
A partir de então, outros países foram se interessando com as vantagens e aderindo. Hoje, 26 países já assinaram e juntos formam o Espaço Schengen.
Com o acordo, tanto os cidadãos nascidos em tais nações como os estrangeiros que estejam viajando pelos países membros não precisam se submeter a procedimentos de controle em cada fronteira que quiser atravessar.

Países que fazem parte

Países membros da UE que fazem parte do acordo de Schengen

Países que são membros associados, mas não fazem parte da UE

Países que não fazem parte da UE nem do Espaço

Países membros da UE que ainda não assinaram o tratado

Micro estados

Esses estados não fazem parte da UE, nem assinaram o Tratado. Porém, estão inseridos no território de países que fazem parte. Por isso, não precisa se preocupar caso deseje conhece-los. Mesmo sem assinar, a livre circulação de pessoas ocorre sem complicações.

Como o Tratado afeta a viagem de turistas brasileiros

Brasil e Portugal possuem um acordo no qual possibilita que viajantes se desloquem sem precisar de visto prévio.
Com isso, se é brasileiro e pretende viajar para a Europa, por um período de até 90 dias, não precisa passar por toda a burocracia de um pedido de visto. Pode circular por todo o Espaço Schengen se submetendo a apenas um controle de fronteira.

O que é necessário para entrar?

Mesmo sem precisar passar pela burocracia do pedido de visto é necessário ter em mãos alguns documentos.
A entrada no Espaço Schengen vai ser feita uma vez e a forma como vai acontecer seu atendimento vai depender do país e da pessoa que te atender.
Os documentos que geralmente são pedidos :

  • Passaporte válido. Com validade superior a 03 meses do período que deseja permanecer;
  • Passagem de volta ao Brasil. Alguns atendentes não aceitam apenas a reserva de voo. Se esse documento for pedido eles vão querer a passagem comprada;
  • Comprovante de reserva de hotel ou uma carta-convite;
  • Comprovação financeira. A Embaixada Portuguesa recomenda que tenha 75 euros para entrar no território e 40 euros por cada dia de permanência;
  • Seguro Viagem;
  • Comprovante de emprego ou de estudo no Brasil (opcional).

Seguro viagem

Esse documento é obrigatório para entrar no Espaço Schengen e na maioria dos países europeus e a cobertura exigida é de 30 mil euros.
Para contratar um seguro existem inúmeras opções. Muitos sites de viagem oferecem a passagem com seu próprio seguro, alguns cartões de crédito possuem essa opção vinculada ou pode também entrar em contato com uma agência especializada.
Os valores variam, em média, 12 euros por dia. Mas como sabem, o valor pode variar de acordo com sua apólice e as coberturas que possui.

Agora tenho uma notícia excelente pra você. O Brasil possui um documento chamado PB4 que pode ser adquirido online, gratuitamente.
Existem alguma diferenças entre um Seguro Viagem e o PB4, mas se deseja apenas um documento para cumprir a burocracia pode pedir o PB4 e terá acesso ao serviço de saúde pagando igual os moradores do país.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Artigos Relacionados:

Como posso te ajudar?

Todos os dias, informações fresquinhas pra você! Atualizadas por estudantes brasileiros espalhados por toda Portugal, a cada artigo você vai se sentir mais perto de Portugal! Está procurando um assunto específico? Escreve aqui no nosso buscador:

Amigo estou aqui!

Falamos a mesma língua!

Publicações Recentes:

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Visto de Residência – Saiba TUDOO!!

Cada vez mais brasileiros estão tomando a decisão de...

Como se candidatar no mestrado do IPB?

Você quer realizar mestrado no IPB, em Portugal? Saiba...

Perguntas frequentes sobre como estudar medicina em Portugal

Quer estudar medicina em Portugal? Então vem descobrir como...

Intercâmbio: o que é e quais as suas vantagens?

Saiba o que é intercâmbio e quais as suas...

Encontre o curso no IPB que é a sua cara!

Você sonha em estudar em Portugal? O IPB fornece...

Quais os tipos de intercâmbio na graduação?

Saiba quais tipos de intercâmbio na graduação existem

Como planejar para estudar em Portugal?

Chegou a hora de você fazer o seu planejamento...

Fazer faculdade em Portugal: as principais formas de entrar

Você tem sonho de estudar em Portugal e não...

Como funcionam as escolas públicas em Portugal?

Quer saber como funciona o sistema das escolas públicas...

Como ver a nota do ENEM?

O INEP liberou as notas dos estudantes que realizaram...

Como validar o meu diploma em Portugal?

Essa é a hora de fazer a sua validação...

Como se candidatar a Dupla-Diplomação da UTFPR com o IPB?

Você é aluno da UTFPR e tem interesse em...

Acompanhe a gente nas Redes Sociais!

Fale conosco!
Precisa de ajuda?
Nosso suporte está pronto para te atender agora mesmo!