Ano letivo em Portugal: Como funciona?

Ano letivo em Portugal: Como funciona?

Ano letivo em Portugal: Como funciona?

Universidade de Coimbra no ano letivo

Assim como, nos filmes adaptados no hemisfério norte, o início do verão europeu significa o fim do ano letivo.

Do mesmo modo, o retorno das aulas é indicado pelo final do verão, ocorrendo entre o início e final de setembro com a chegada da primavera em Portugal.

Dessa forma, as férias escolares na Península Ibérica são conhecidas por altas temperaturas que favorecem os passeios na costeira portuguesa.

Logo, se você já se perguntou como funciona o calendário letivo em Portugal, continue o texto abaixo!

Feriados Recessos no ano letivo

Bem como, ocorre no Brasil os portugueses, também sabem como aproveitar um bom feriado. 

Sendo assim, recessos, datas festivas e até o carnaval são eventos que param o período escolar, em até duas semanas.

Isto é, o carnaval é uma pausa de alegria e descanso entre os portugueses, máscaras, festas de ruas e os trajes iguais ao Brasil podem ser vistos nas ruas de Portugal.

Dessa maneira, as instituições declaram “férias” durante 15 dias em fevereiro para o retorno às suas cidades, festas e repouso.

A semana do docente durante o ano letivo

Como resultado de um período para programas estudantis, diversos Institutos em Portugal oferecem a Semana de Mobilidade Docente.

Nesse sentido, as aulas encerram para promover cursos, trocas culturais e debates para os mestres.

De acordo com, a universidade do Porto, já definiu para 2022 o mês de maio para o período não letivo. 

Exemplo de calendário acadêmico português:

Calendário letivo da Universidade do Porto 2021/2022
Início do ano académico1 de setembro de 2021
Início do ano letivo13 de setembro de 2021
Férias do NatalDe 20 de dezembro de 2021 a 2 de janeiro de 2022
Data limite para conclusão da avaliação do primeiro semestre4 de fevereiro de 2022
Início do segundo semestre7 de fevereiro de 2022
Férias da PáscoaDe 11 a 18 de abril de 2022
Semana não letiva na U.Porto/Semana de mobilidade docente2 a 6 de maio de 2022
Data limite para conclusão da avaliação do segundo semestre15 de julho de 2022
Final do ano académico29 de julho de 2022
Época especial para conclusão de ciclos de estudos (não aplicável à defesa em provas públicas que deverá ocorrer até 19 de dezembro de 2022)De 1 a 16 de setembro de 2022

fonte: https://sigarra.up.pt/up/pt/web_base.gera_pagina?p_pagina=calend%c3%a1rio%20escolar%20da%20universidade%20do%20porto

Lápis, Caderno, Escrivaninha, Escola, Educação para o ano letivo.

Avaliações na universidade em Portugal

Em síntese, o sistema de avaliação em Portugal é similar ao Brasil, ou seja, o curso pode incluir como exame: provas, trabalhos, redações e até projetos.

Desse modo, a carga horária extracurricular de cada curso é livre para definir os métodos de avaliação durante a faculdade.

Ainda mais, os diferentes recursos podem ser encontrados ao longo da graduação como projetos e portfólios para conclusão.

Já a nota final compreende a escala Europeia de classificação, ou seja, A, B, C, D e E.

A Universidade de Lisboa explica:

  •  Classificação ECTS
  • Grupo
  • A  10% dos alunos com melhor nota
  • B  35% dos alunos, em conjunto com a classe anterior
  • C  65% dos alunos, em conjunto com as classes anteriores
  • D  90% dos alunos, em conjunto com as classes anteriores
  • E  100% dos alunos, em conjunto com as classes anteriores
  • FX Reprovado, mas perto dos mínimos para passar
  • F   Reprovado

fonte: https://www.iseg.ulisboa.pt/aquila/unidade/SecLic/questoes-frequentes-(faqs)/processo-de-bolonha/p9.?_request_checksum_=c78f05e168beca28d130c0549b75a3eb20a16c88

Matrículas no decorrer do ano letivo

Em resumo, o primeiro passo para garantir a vaga no ensino superior em Portugal é o envio da candidatura, disponível em 3 ciclos. 

Ao passo que, a primeira fase de inscrição começa em março, seguido por abril na segunda fase e agosto como terceira fase.

Como resultado, ocorre o envio da papelada em anexo como as notas obtidas no ENEM, o anexo da identidade e o diploma do Ensino Médio.

Vale destacar que todo o processo de matrícula é online, bem como a divulgação da lista de posição.

Logo após, os resultados o aluno está apto a finalizar a matrícula na universidade escolhida.

Coimbra, Portugal, Viajar Por, Parasail, Arquitetura. ano letivo

O sistema de ensino superior

A fim de, unificar o sistema de ensino superior europeu, os países da União Europeia, ou seja, Portugal adotam o processo de Bolonha.

Nesse sentido, o processo de Bolonha atua na renovação do ensino superior no país, com licenciatura, mestrado integrado e doutorado.

Três ciclos classificam o sistema de Bolonha, que atuam nas principais missões:

  • Aplicar o recurso de avaliação em ECTS;
  • Garantir a equidade no Bloco Europeu;
  • Facilitar a troca de cultura entre os países membros.

Qual a diferença entre os três ciclos?

1° ciclo: De fato, é equivalente ao nosso bacharelado e licenciatura que garante ao estudante um diploma de Ensino Superior no período de três a quatro anos. 

2° ciclo: Em síntese, corresponde ao curso de Mestrado Integrado com duração entre um ou dois anos.

3° ciclo: Em seguida, o último ciclo é o diploma de doutorado com a publicação de tese exclusiva para a conclusão. 

É válido dizer que o doutorado em Portugal não exige um período único para conclusão, sendo assim, cursado em média por doze semestres. 

Bolsas internacionais no ano letivo

O Enem não é o único meio de candidatura das universidades portuguesas para brasileiros, isto é, bolsas para estrangeiros, também estão disponíveis.

As principais universidades, como Lisboa e Porto, oferecem bolsas de estudos, a fim de reduzir as taxas estudantis.

Dessa maneira, as regras de inscrição são diferentes, a cada instituição de ensino superior, além de seguir a faculdade escolhida. 

A aprovação da bolsa de estudo em Portugal pode garantir descontos no valor da mensalidade final, isenção de taxa de matrícula, bem como bolsa anual a depender da conduta do aluno.

Considerações finais

Se você já está decidido a estudar em Portugal, o próximo passo é o planejamento, visto que a emissão dos documentos são obrigatórios para a inscrição.

Em conclusão é essencial, iniciar os preparativos ainda no Brasil, como anexar os documentos e preparar questões como casas e quartos.

Para conhecer mais, conheça em seguida:  Como funciona o reconhecimento de ensino médio em Portugal?

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Visto de Residência – Saiba TUDOO!!

Cada vez mais brasileiros estão tomando a decisão de...

Quais os tipos de intercâmbio existem e quem pode fazer?

Saiba quais tipos de intercâmbio existem e qual é...

Estudar em Portugal: 9 vantagens

Prosperar na vida acadêmica, bem como, profissional é o...

Como se candidatar no mestrado do IPB?

Você quer realizar mestrado no IPB, em Portugal? Saiba...

Conheça o politécnico mais bem ranqueado de Portugal

Você conhece o IPB? O IPB não é nada...

Intercâmbio: quanto custa?

Quanto custa para realizar um intercâmbio? Neste artigo são...

O IPB e as suas parcerias de intercâmbio na graduação e pós-graduação

Você é estudante brasileiro de graduação ou pós-graduação e...

Fazer faculdade em Portugal: as principais formas de entrar

Você tem sonho de estudar em Portugal e não...

Entenda os Sistemas de Ensino Superior Europeu e Norte-Americano

Como funcionam os Sistemas de Ensino Superior Europeu e...

Como se candidatar a Dupla-Diplomação da UTFPR com o IPB?

Você é aluno da UTFPR e tem interesse em...

Quero estudar em Portugal. Por onde começar?

Uma das maiores dificuldades que encontramos ao pensar em...

Acompanhe a gente nas Redes Sociais!

Fale conosco!
Precisa de ajuda?
Nosso suporte está pronto para te atender agora mesmo!